2018-06-05
Mercado das bombas de calor continua a crescer
David Alvito

Pelo quarto ano consecutivo, o mercado europeu das bombas de calor continua a crescer, muito em resultado de um sector da construção em total efervescência e uma cada vez maior atenção pelas energias renováveis e eficiência energética. De acordo com a Associação Europeia das Bombas de Calor (EHPA), na União Europeia, houve um crescimento de 9 % no mercado das bombas de calor, o que equivale a 1,1 milhões de unidades de bombas de calor vendidas.

 

Os dados ainda são preliminares já que alguns países não forneceram, até ao momento, os elementos necessários. No entanto, a tendência é de crescimento na medida em que os dez principais mercados apresentam valores em crescendo.

 

Segundo os dados revelados pela EHPA, o crescimento de 9% materializou-se em 37 GW (GigaWatts) de capacidade de armazenamento, 13,6 Terawatt-hora (TWh) de poupança de energia e 2,7 MegaToneladas (MT) a menos de emissões de dióxido de carbono (CO2).

 

Para os analistas, o futuro é risonho, com a perspectiva de um crescimento anual na ordem dos 10 % e, nos próximos seis a sete anos, assistiremos ao dobro da disponibilidade de bombas de calor em lares europeus, algo que se verificará de novo por volta de 2030.

 

Este crescimento será benéfico para os consumidores já que, até 2030, é esperada uma redução no preço dos equipamentos em cerca de 36 %. No entanto, para estas metas serem atingidas, será necessário um reforço no investimento na capacidade de fabrico e também em I&D (Investigação e desenvolvimento).

 

Ainda assim, mesmo com este nível de crescimento, é necessário continuar a apostar em tecnologia que mantenha a tendência de descarbonizar o sector do aquecimento e arrefecimento. Essa é uma das premissas da EHPA que, com este relatório, espera ajudar e inspirar uma mudança na procura de equipamentos cada vez mais eficientes, que respondam às expectativas de descarbonizar a Europa.

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições