2018-12-19
Mais negócios e mais emprego no sector dos serviços residenciais e prediais
David Alvito

Continua a aumentar o volume de negócios e de emprego no sector dos serviços residenciais e prediais. Foram estas algumas das conclusões do último estudo divulgado pelo Instituto Ifo (Institute for Economic Research), sedeado em Munique, na Alemanha.

 

De acordo com o documento revelado pela instituição e que foi elaborado a pedido da ISH, uma das principais feiras mundiais de AVAC e água do mundo, o sector do saneamento, assim como o do aquecimento, ventilação e ar condicionado teve um aumento de vendas de 3,3 %, quando comparado com 2017. Estes resultados revelam que foram excedidas as expectativas relativamente aos números do ano passado em mais de 1,9 mil milhões de euros, o que significa que 2018 irá fechar com um volume de negócios acumulado de 58,9 mil milhões de euros.

 

Os números agora divulgados são reflexo do bom clima económico que se vai fazendo sentir no mercado da construção. Por exemplo, na Alemanha, o investimento real em construção aumentou, em 2018, cerca de 2,5 %. Os bons ventos afectaram também a indústria do aquecimento, com um aumento de 3,4 % de volume negócios, comparativamente a 2017. No sector AVAC, houve um aumento quer de colaboradores, quer de empresas (515299 trabalhadores espalhados por 49325 empresas, em 2017 eram 508146 funcionários e 49418 empresas).

 

E as expectativas a médio/longo prazo apontam para a continuação do bom tempo. O Instituto Ifo espera um aumento de 2,6 % no sector do saneamento, aquecimento, ventilação e ar condicionado em 2019, atingindo os 60 mil milhões de euros. Na construção é esperado um aumento de 0,7 %.

 

O estudo contou com a colaboração da Associação Alemão da Indústria Sanitária (Vereinigung Deutsche Sanitärwirtschaft – VDS), a Federação da Indústria Alemã de Aquecimento (Bundesverband der Deutschen Heizungsindustrie – BDH), e pela Associação Alemã de Eficiência Energética em Serviços de Construção (Forum für Energieeffizienz in der Gebäudetechnik / Spitzenverband der Gebäudetechnik – VdZ).

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições