2018-09-12
4º Simpósio IPES vai debater futuro da concentração solar
David Alvito

A cidade de Évora vai receber, entre os dias 24 e 25 de Setembro deste ano, o 4º Simpósio IPES (Instituto Português de Energia Solar), cujo tema será a Concentração Solar e o Futuro. O evento pretende afirmar-se como uma plataforma central na promoção da energia solar, num país que dispõe de condições favoráveis para o usufruto das tecnologias ligadas às energias renováveis.

 

Um dos principais momentos previstos para este simpósio será a visita ao campo de concentradores solares parabólicos (que está a ser instalado) na Plataforma de Sais Fundidos de Évora, um projecto único não só em Portugal, mas também na Europa. O projecto, intitulado HPS-2, resulta de uma colaboração entre a Universidade de Évora e o DLR (Centro Aeroespacial Alemão), com uma joint-venture de empresas, onde se incluem a TSk- FLAGSOL, ELTHERM, ESKOM, STEINMULLER ENGINEERING e YARA. A iniciativa conta com o financiamento do governo alemão e da Fundação da Ciência e Tecnologia (FCT), por intermédio da Infra-estrutura Nacional de Investigação em Energia Solar de Concentração.

 

O painel de oradores contará com a presença de diversas figuras de destaque da área, como Ana Maria Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora, Manuel Collares Pereira, presidente do IPES, Luís Crespo, presidente do ESTELA (European Solar Thermal Electricity Industrial Association), bem como vários professores da primeira licenciatura do país em Engenharia das Energias Renováveis e do Mestrado em Engenharia da Energia Solar, ministrado na Universidade de Évora.

 

Para saber mais sobre o simpósio, e para poder efectuar a inscrição, visite o portal www.ipes.pt. O IPES - Instituto Português de Energia Solar, surgiu no início do ano de 2012, em Évora, e dedica-se a desenvolver e a promover a energia solar. O organismo partiu de uma iniciativa da Universidade eborense e agrega, para além do polo universitário, várias empresas, instituições de investigação e desenvolvimento e agências de energia.

ASSINE JÁ
aceito os termos e condições